Atenção: habilite seu browser para o uso de Javascript!


Especial para Militares

Treinamento Básico II - Coesão na Unidade: O Método do Companheirismo

Por Dan Cartwright, S Ten (R) - EUA

Voltando bem lá atrás na vida militar, até onde eu possa lembrar, em todo os modos de treinamento básico, de fato, havia algum tipo de sistema de companheirismo. Nós não tivemos 'companheiros de combate' de modo formal, como há hoje no treinamento básico do Exército, mas o sistema estava definitivamente estabelecido. Sempre houve um sistema de companheiro nas escolas de Guarda de Selva e de Mergulho, nós tivemos um sistema no treinamento de Forças Especiais, e nós sempre operávamos em pares no campo de batalha ou em território hostil. A mentalidade do 'Guarda Solitário' não tinha lugar nenhum e missões 'solitárias" eram extremamente raras. Talvez essa é a razão pela qual eu tenho um problema com os atuais anúncios publicitários que contam aos recrutas a perspectiva de eles poderem ser "o Exército de Um".

Se você pensar sobre isso, faz perfeito sentido em qualquer número de razões. Cada um pode observar as costas do outro, ajudar um ao outro a passar por situações ásperas, testar suas habilidades, tratar os feridos, sem mencionar se o companheiro está dentro ou fora do campo de batalha. No mundo das Forças Especiais, havia sempre dois homens com a mesma especialidade primária numa equipe de elite. Uma equipe de 12 homens era capaz de executar uma operação como um par de equipes de 6 homens igualmente qualificados, com três equipes de dois homens em destacamento separado.

Versículos chave

Como o ferro com o ferro se afia, assim, o homem, ao seu amigo. (Provérbios 21:17)
Depois disto, o Senhor designou outros setenta; e os enviou de dois em dois... (Lucas 10:1a).

Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles. (Mateus 18:20)

O mesmo princípio do companheiro é importante para homens e mulheres cristãos. Minha experiência é que eu sempre andei melhor no caminho cristão quando tive pelo menos um irmão firme na fé andando junto comigo. Em contraste, eu cometi meus piores erros e freqüentemente tropecei quando tentei andar só. Ter um 'companheiro' ajuda a nos manter 'afiados' como cristãos em diversos sentidos.

Parece que andamos muito perto de Deus quando nós nos sentimos responsáveis por outra pessoa. Temos alguém com quem compartilhar nossos êxitos e fracassos, nossas alegrias e tristezas, nossos cuidados e preocupações.

De acordo com o livro de Lucas, o princípio do companheiro também era bom o suficiente para próprio Senhor! O Mestre não só escolheu os grandes doze conhecidos nossos. Designou outros e lhes enviou para adiante dele a cada lugar que ia visitar, como um tipo de equipes avançadas. Lucas nos conta que eles curavam os enfermos e anunciavam aos cidadãos locais que o reino estava próximo. Soa como se estas equipes avançadas começavam a colher e preparavam as coisas para a chegada de Jesus. E não se esqueça das equipes de oração!

E então?

Lembro-me de Georg (sem o 'e' no final), Daryl, Juan, Kingsley, Wally, e outros homens cujos nomes eu não posso até me lembrar no momento. Além do mais, há alguns bons e firmes capelães que me ajudaram ao longo do caminho.

Quem tem sido seu companheiro, assim como você tem andado em seu caminhar cristão? Já teve um 'companheiro' ou dois? Se você não pensou sobre ele ultimamente, pare e reflita durante um momento. Também reflita durante um momento na qualidade de seu caminhar cristão quando você tinha um 'companheiro' e quando tentou caminhar sozinho. Aquele companheiro especial veio como resultado de uma oração direta de sua parte, ou somente aparece num tempo de necessidade, ou fez Deus somente o (a) plantou em seu caminho quando você fazia sua melhor imitação de sentinela? Eu os vi todos. Cada um foi uma bênção e uma 'pedra que afia'.

Onde você está hoje? Voa sozinho ou com um "companheiro", um pessoal 'pedra que afia' e companheiro de serviço? Minha oração para você hoje é que você não esteja andando só. Se você está, minha oração é que Deus possa enviar alguém para andar ao seu lado!


Estudo integrante da Série Forças Especiais.

Traduzido e adaptado ao contexto militar brasileiro por Cleber Olympio, conforme original publicado na página Christian Military Fellowship.





RecuarPara o alto


Exare suas ponderações
Nenhuma ponderação adicionada.
Gostaria de ser o primeiro?
Preencha o formulário ao lado.

Comente o texto
Nome:  

Cidade:  

E-mail (não será publicado):  

Comentários:  

» Você pode digitar mais 1024 caracteres.
Digite a seguir o que você lê abaixo:  
84Nk2j


 

Importante: utilize este formulário para ponderar somente sobre o texto acima. Comentários sobre a nossa página devem ser postados na seção Contato.
Busca de Estudo Bíblico
Busca

DTM - Dicionário de Termos Militares
Termos, gírias e expressões da linguagem militar do dia-a-dia. Consulte:

Bíblia Online
Bíblia Online

Capítulo:    Versículo:

     
Palavra(s):

    
Interatividade
RSS Militar Cristão Militar Cristão no Facebook Militar Cristão no Twitter Assine abaixo o Boletim de Notícias
E-mail: