Atenção: habilite seu browser para o uso de Javascript!


Apologética

Cobertura Espiritual: É Bíblica?

Por Fabian Ayroldi - 1º Sgt (R) - Exército Argentina

Nos últimos tempos tem-se levantado um novo ensinamento por líderes que querem manter seus seguidores atados a eles tal qual escravos atemorizados.

Esses pregadores ostentam grande glória e conhecimentos, e forçam os membros das suas congregações que continuem a lhes ser sujeitos, como se fossem a fonte de toda bênção.

Um pastor é um "servidor", não um "mestre" da igreja e, ao servir a Deus para o bem da Igreja, deve protegê-la e guiá-la espiritualmente a Deus e sua palavra, tal como o pastor conduz as ovelhas para pastagens frescas e água límpida (isto é, um tipo de doutrina).

Um membro deve respeitar, ser obediente, e não causar problemas para o seu pastor, porque esse é um claro mandamento bíblico.

"Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil." Hebreus 13:17.

Agora isso não significa que os membros não possam recusar, fazer objeção, e discernir se o que o pastor está pregando e fazendo é a coisa certa diante de Deus.

Os pastores têm que prestar contas a Deus, não seus seguidores ou membros de sua congregação, mas de si próprios e do que fizeram.

Cada pessoa terá de dar conta de si próprio e não outro qualquer...

"... Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus." Romanos 14:12.

Todos os cristãos são sacerdotes de Deus e são chamados a estarem preparados em todos os momentos através da palavra, para fazer um bom serviço.

"E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém." Apocalipse 1:6.

"E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra." Apocalipse 5:10.

Isto significa que todos são responsáveis pelo estudo bíblico e comparar os ensinamentos dos líderes com o que diz a Palavra.

Um líder que obriga ou intimida seus membros de se manterem sob a sua assim chamada "cobertura" está agindo de forma sectária e os controlando tal qual um ditador.

O cristão não está sob o controle de ninguém; ele é livre, tendo sido libertado por Deus...

"Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão." Gálatas 5:1.

"Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor." Gálatas 5:13.

É muito importante a adesão a um igreja local e prestar contas a alguém (um pastor, líder, professor, conselheiro etc.). Isto nos torna mais responsáveis por nossas ações e nos mantém na linha; mas isso não significa que a pessoa a quem prestamos conta e confiamos para direção espiritual seja infalível e soberano domínio sobre as nossas vidas, além de bons conselhos e disciplina dada de acordo com a Bíblia por razões legítimas.

A cobertura do crente vem de Deus, e a alegação de que um cristão sinta a necessidade de deixar certa filiação a alguma igreja não lhe deixa sobre qualquer "direito legal" de Satanás: isso é inteiramente falso.

Na verdade, esta é a mesma tática utilizada por seitas como as Testemunhas de Jeová, por exemplo.

A cobertura de um crente não depende da organização ou congregação a que ele pertence, ou a que o líder (Pastor) tem; ela vem de Deus.

É Deus quem protege os fiéis e os guia em tudo...

"E para que sejamos livres de homens dissolutos e maus; porque a fé não é de todos. Mas fiel é o Senhor, que vos confirmará, e guardará do maligno." 2 Tessalonicenses 3:2,3.

"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável, e que não se pode murchar, guardada nos céus para vós, que mediante a fé estais guardados na virtude de Deus para a salvação, já prestes para se revelar no último tempo." 1 Pedro 1:3-5.

"Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória, ao único Deus sábio, Salvador nosso, seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre. Amém". Jude 24, 25.

"Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca." 1 João 5:18.

A cobertura não é oferecida ou dada pelos homens aquela que te mantém longe do diabo e livre de seus ataques, mas é a cobertura do teu Deus, através do Espírito Santo, a que nos protege.

Amém.

Deus te abençoe.


Tradução: Cleber Olympio, sob permissão do autor e do Ministerio El Remanente Inc. Alabama, EUA.



RecuarPara o alto


Exare suas ponderações
» Comentários até agora: 12.

Em 06/12/2012, às 09:12, Cesar Roberto, de São Francisco Do Sul SC, ponderou:
Paz. Creio estar equivocado com respeito a cobertura espiritual o amado irmão, cobertura é proteção, não governo, o próprio texto de hebreus diz que velam por vossa s almas, isto é cobertura, quanto aqueles que usam a cobertura para esatbelecer seus reininhos também estão equivocados, obedecer e submeter-se aos seus pastores independe deste fator,trodos são livres em Cristo para ir e vir, sim você pode sair de uma comunidade para outra desde que entenda que precisa ter um pastor, de um. Lado temos pastores ditadores e de outro temos crentes que querem ser mestres de si mesmo e nunca responder a ninguém, o ponto de vista equilibrado sempre é mais coerente.
Em 14/04/2012, às 20:59, Miriam Sousa, de Itapoa/sc, ponderou:
a paz do Senhor Jesus Cristo, estou totalmente de acordo com a colocação, estou passando por td isso em meu ministério e estou orando para que DEUS faça a obra aqui, é muito triste passar-mos por situações e muitas delas vejatórias e ainda o sujeito nos dizendo que é para o nosso bem, senão DEUS vai pesar as mãos... CHEGA DISSO, precisamos interceder e muito para que DEUS mude a situação das igrejas e de alguns que se dizem pastor e não querem nem saber se nós obreiros/membros estamos satisfeitos ou não, boa matéria, fique na paz. fico feliz de saber que muitos outros tem a mesma dúvida que eu
Em 19/03/2012, às 12:36, MARLON RODRIGUES, de Manaus-AM, ponderou:
Hoje 19/03/2012, Eu estava a procura de artigos que falasse sobre cobertura espiritual e me deparei com este. Bem, o autor tem as suas razões, entretanto, no meu ponto de vista o tema não cabe dentro do texto, isto é "cobertura espitual" existe, em I Sm 15; 35 e 16;1, diz que oProfeta Samuel teve dó de Saul, isto é esse profeta foi quem ungiu Saul o aconselhava, logo tornou-se o seu protetor espiritual já que que no 16;1 Deus fala até quando terás dó de Saul. isto quer dizer que enquanto saul estava debaixo da proteção espiritual de Samuel, tudo estava bem mas quando ele começou a sair.... aí sim, é como se tivessemos debaixo de um guarda chuva, Jesus disse Pedro cuida das minhas ovelhas, isso é cobertura espiritual. Quanto ao texto, trata-se de didadura espiritual, terrorismo espiritual, etc são coisas totalmente diferente. Samuel não oprimia Saul, Pedro não oprimia os crentes, ainda existem homens e mulheres que oram pelas suas ovelhas assim como paulo fazia pelos irmãos da azia. A paz.
Em 09/12/2011, às 15:22, Marcos, de Curitiba, ponderou:
Ou Seja temos que ser igual a Satanás?

Deus : De Onde vens?

Satanas : De rodear a terra e passear por ela... ( ou seja nao tneho cobertura sobre mim , nao dou satisfacao a ninguem , viu como foi bom sair debaixo de sua "opressao?" agora sou "livre"!
Em 28/11/2011, às 10:06, Ronald, de Pato Branco, ponderou:
Concordo que os pastores são os que servem...mas eles dão sim cobertura espiritual aos cristãos que se achegam na igreja, pois está escrito:: “Obedecei aos vossos guias e sede submissos para com eles; pois velam por vossa alma, como quem deve prestar contas, para que façam isto com alegria e não gemendo; porque isto não aproveita a vós outros” (Hebreus 13.17). Moisés na batalha de Refidim intercedia pelo povo, A Bíblia diz que, enquanto Moisés mantinha as mãos erguidas, Israel prevalecia, mas nos momentos em que ele abaixava as mãos, a situação mudava e o inimigo tomava vantagem. A cobertura espiritual não é mesmo autoritária, ela deve ser livre, como nós cristãos somos livres, mas, particularmente, prefiro estar debaixo do princípio Hebreus 13.17.
Em 08/10/2011, às 08:19, Leonardo Mattos, de Agolandia, ponderou:
Muito bom esse texto, toda vez que eu pensei em buscar cobertura de outra igreja essa outra grande igreja cai e a nossa avança,o homem é falho, continuaremos como igreja buscando cobertura direto de Deus é assim que estamos crescendo. Deus abençoe.
Pr.Leonardo Mattos.
Em 25/08/2011, às 10:20, André Filipe Campos Serrão, de São Luis-MA, ponderou:
Gostei muito dessa ministração. Só que cobertura espiritual existe, é pra que alguém interceda pela vida de outras, então eu sugiro um título deste modelo: aquilo que alguns dizem ser cobertura espiritual, pq eles deturpam as coisas para ter dominio sobre algumas coisas, pessoas, usam essa cobertura como vc msm falou, pra controlar a vida alheia,perdem o foco do q realmente é a cobertura, ou por falta de conhecimento ou por pura maldade msm. Mas gostei mto e vi que foste usado em mtas coisas ai por Deus. Abraços a toda equipe do militar cristão. E falando pra alguns irmão é que temo autoridade sim, nao sobre Deus mas sobre tudo o que está na terra, em Gêneses se fala isso. E todo poder foi dado ao nome de Jesus q se quiser mandar anjos guerriar é em nome de Jesus q se manda, ta na bíblia irmao q comentou aki em baixo./
Em 22/03/2011, às 11:29, Roberto Santos, de Porto Alegre - RS, ponderou:
Muito boa colocação, mas eu queria propor que no final fosse colocado uma palavra sobre autoridade. A questão não é de cobertura, mas de autoridade. Deus nos ensina na Sua Palavra sobre autoridade. Jesus falou de autoridade e deu autoridade aos discípulos, mas jamais deu autoridade para eles ordenarem Deus curar; ordenarem Anjos trabalharem; ordenarem a bênção sobre este ou aquilo. Não, Deus não deu esse tipo de autoridade, mas todo cristão, que deseja ser discípulo de Jesus deve buscar entendimento daquilo que Deus nos revela sobre autoridade. Deus os abençõe.
Em 22/03/2010, às 11:55, Denis/denilson, de Guarulhos, ponderou:
obrigado pelo esclarecimento,que DEUS vos abençoe cada vez mais.obs; temos uma casa de recuperação e estamos abertos para ajudar o proximo.instituto betesda igarata entre no google.amem
Em 03/12/2009, às 14:57, Gustavo Souza, de Guarapari -ES, ponderou:
Conheci bem de perto o equívoco destes ensinamentos sobre cobertura espiritual...na verdade a distorção do que seria uma cobertura espiritual saudável, se isto significa compromisso de intercessão,apoio,
proteção,amizade,companheirismo,suporte,amor cristão,respeito a liberdade... infelizmente na minha experiência foi base para controle,e manipulação...os modismos e os movimentos tem sempre uma boa proposta como base...quase sempre não sabemos colocá-la em prática,a deturpamos,a levamos a extremos e estragamos tudo...é o caso do G12 -fui 12 de um dos 12 do principal líder do G12 mundial e brasileiro...repletos de boas intenções cometemos muitos equívocos de consequências,a maioria irreparáveis... por pura manipulação...imaturidade...ingenuidade ...e ainda estamos cometendo...Pode ser que alguém neste movimento esteja vivendo separado de teologia da prosperidade,e de outras aberrações...estes por favor não sintam-se ofendidos por favor...permaneçam firmes não manipulas e com consciência limpa diante de Deus ..
Em 11/11/2009, às 18:11, Pastora Rose, de Sao Jose Do Rio Preto, ponderou:
a paz do Senhor Jesus, gostei muito deste estudo porque leio biblia e estudo , e conheço essa verdade biblica, a palavra diz conhecereis a verdade e a verdade vos libertará, e graças a Deus um dia eu conheci esta verdade, e hoje estou livre pra exercer meu ministerio de evangelismo, aonde eu estava antes, viva debaixo deste julgo, aonde me proibiam de sair , e ainda me diziam que eu e meu ministerio seria amaldiçoado, ainda estou debaixo das calunias e de suas difamaçoes, mas estou livre pela conquista da cruz do calvario, aleluia, gloria a Deus. abraços
Em 13/08/2009, às 14:40, Elaine, de Maringá, ponderou:
O que faz então membros que aparentemente eram fervorosos cristãos entrarem num clima de morbidade espiritual, sem vontade de comparecer às reuniões para louvar e aprender mais da palavra? concordo com tudo colocado neste estudo e antes até pensava que essa situação em minha comunidade derivava do abandono pastoral no sentido de cobertura espiritual. penso porém, que o que mais coopere seja a alta permissividade (falta de correção) e o desvio da doutrina bíblica, onde experiências do homem servem de argumentos no púlpito e não a palavra de Deus; onde experiências dão base para práticas ilícitas. isso é realmente um desabafo.

Comente o texto
Nome:  

Cidade:  

E-mail (não será publicado):  

Comentários:  

» Você pode digitar mais 1024 caracteres.
Digite a seguir o que você lê abaixo:  
34jMk1


 

Importante: utilize este formulário para ponderar somente sobre o texto acima. Comentários sobre a nossa página devem ser postados na seção Contato.
Busca de Estudo Bíblico
Busca

DTM - Dicionário de Termos Militares
Termos, gírias e expressões da linguagem militar do dia-a-dia. Consulte:

Bíblia Online
Bíblia Online

Capítulo:    Versículo:

     
Palavra(s):

    
Interatividade
RSS Militar Cristão Militar Cristão no Facebook Militar Cristão no Twitter Assine abaixo o Boletim de Notícias
E-mail: