Atenção: habilite seu browser para o uso de Javascript!


Devocionais

A Bênção do Comum

Por Cleber Olympio

Importante: antes de submeter este texto à impressão, clique em "Texto Integral",
ao final desta página, para não comprometer a divisão do texto em páginas na impressora.

Página 1 de 2
Ir para a página:   01   02   

"Estou vivo! Que bênção! É o meu testemunho de hoje, irmãos!" Seja bem sincero, não comigo, pois não posso vê-lo, mas contigo mesmo: você ficaria constrangido se algum irmão fosse chamado à frente pelo pastor para dar um testemunho de fé, e vem com uma colocação parecida como essa. Ou ele poderia dizer: "Dou graças a Deus por poder enxergar essa platéia abençoada!" e se assentar, logo em seguida. A reação, tipicamente possível da congregação, seria dizer um "amém" forçado e dificilmente convidar o mesmo irmão para dar um testemunho da atuação de Deus em sua vida.

Seria eu radical ao dizer essas coisas? Penso que não.

Agora, quem duvidaria de uma manifestação do Espírito, ao ver testemunhos como esses, relatados por Francisco Solano Portela Neto:

A. Fenômeno 1:

Dona Edvônia da Silva tinha um tumor no pâncreas. Os médicos atestaram a gravidade de sua situação e preparavam-se para uma melindrosa operação. Em fevereiro de 1996 haviam feito um exame por ultra-sonografia e constatado a extensão do problema. Em maio de 1996, Dona Edvônia, cansada do tratamento convencional e temerosa quanto aos seus resultados, passou por uma "profunda experiência espiritual". Seus problemas físicos desapareceram. O retorno aos médicos e os exames subseqüentes mostraram que ela não tinha mais nenhuma lesão no órgão previamente afetado - havia sido milagrosamente curada. (...)

D. Fenômeno 4:

Gladys Solórzano tinha sinusite, úlcera, taquicardia, pesadelos constantes, além do vício da bebida. Tudo foi resolvido "quando resolveu dar uma chance para Deus agir na sua vida" e passou a participar de uma comunidade cujos líderes agiram diretamente sobre seus problemas.

E. Fenômeno 5:

Em 1990, Daniela Cristina da Silva foi internada no hospital Emílio Ribas, em coma. Os médicos declararam que ela corria risco de vida. Após orações realizadas pela família, que também seguiu as orientações e um religioso, ela saiu da UTI em 11 dias sem seqüelas. Oito anos depois ainda goza de boa saúde. (PORTELA NETO, Franciso Solano et alii. Fé Cristã e Misticismo - Uma avaliação bíblica de tendências doutrinárias atuais. São Paulo, Editora Cultura Cristã, 2000. Págs. 25/6).

Tocantes, não? Verdadeiros testemunhos de fé, de cura e milagres realizados pelo Senhor...

Para quem vê apenas na aparência. Segundo o autor citado, a primeira cura foi realizada pelo que alega receber a reencarnação genuína do Dr. Fritz, tão conhecido da imprensa atual - de origem espírita, portanto. O segundo, pertencente a um testemunho publicado por um jornal de uma igreja neopentecostal. O terceiro, relato de uma católica romana convicta.

Como eles parecem com o que vemos hoje nas nossas igrejas! As pessoas acreditando naquilo que sentem, experimentam, que vêem manifestar, e depreciando o que o Senhor, incessantemente, faz em nossas vidas, que é cuidar de nós e nos abençoar, tanto nas grandes como nas aparentes pequenas coisas.

Muitos tratam experiências ditas "espirituais" como um frio na espinha, o cair pelo poder do Espírito Santo, o dente de ouro, como evidências da existência (vejam só) do próprio Deus. Analise você as músicas evangélicas que fazem mais sucesso... É um tal de abrir o Mar Vermelho, de se cantar sempre a vitória, de o fogo consumir tudo o que é mal em sua vida.

Claro que o autor dessa reflexão não é um cético, alguém que duvida do poder de Deus. O objetivo, ao refletirmos aqui, é trazer à baila o fato de o crente atual valorizar quase que exclusivamente o extraordinário, e se esquecer de Deus quando as situações da vida não tem, digamos, uma pitada de emoção, ou milagre, como queira.

O reverendo Ricardo Barbosa de Sousa escreveu um artigo muito lúcido, intitulado "A Graça do Ordinário", aonde afirma que o crente atual tem sido praticamente um leitor da Revista CARAS, do que propriamente um leitor da Bíblia. Esse cristão tem tido mais prazer em ver apenas testemunhos de fé de pessoas virtuosas, bonitas e cheias de vida, do que de pessoas comuns. A vida cristã retratada como se fosse no paralelo cidade versus shopping center. Pessoas bonitas, ambiente climatizado, acesso fácil e rápido a todo conforto, segurança quase que total, entre outras coisas.

Trazendo para o ambiente "de igreja". Quem não foi, ou conhece uma igreja "shopping center"? O louvor perfeito, "big bands gospel", infra-estrutura de cair o queixo, ar condicionado, platéia de dois, cinco, dez mil pessoas? Não se defende aqui uma falta de estrutura nos cultos, nem conforto nos mesmos, mas convenhamos: será que a realidade dos corações que se encontram em ambientes como esses, em sua imensa maioria, é a de "corações transformados"?

Muitos protestam contra pontos de vista como esses, dizendo que o povo precisa conhecer uma estrutura que os atraia, que os estimule a ir à igreja, que seja um autêntico "show gospel", onde as pessoas cantam, pulam, vibram, choram... Estão na bênção, na unção, na presença de um Deus Todo-Poderoso... Aí eu pergunto: e o amor, aliado à verdade? Aonde fica o propósito de cultos como esses?

O que indago é a supervalorização de testemunhos miraculosos do agir de Deus, de provas de fé como a de Abraão, José, Jó e tantos personagens bíblicos. Mas aonde está a valorização do fato de os mesmos personagens também terem tido momentos de queda, de dúvida, de tribulação, de pecados? Muitos se lembram dos salmos de Davi, mas não se recordam do Davi mentiroso, adúltero, e de como Deus lidou com essa situação. E de quanto Jó murmurou e lamentou o seu estado, até que Deus restituiu tudo o que ele havia perdido?

E quanto ao nosso Senhor Jesus? Lembram-se das bênçãos, palavras e ensinamentos dele, mas e da pessoa humana do Filho do Homem? Isaías profetizou que ele não teria beleza, nem formosura; Lucas retrata que Jesus nasceu ...


Texto Integral


Página 1 de 2
Ir para a página:   01   02   




RecuarPara o alto


Exare suas ponderações
Nenhuma ponderação adicionada.
Gostaria de ser o primeiro?
Preencha o formulário ao lado.

Comente o texto
Nome:  

Cidade:  

E-mail (não será publicado):  

Comentários:  

» Você pode digitar mais 1024 caracteres.
Digite a seguir o que você lê abaixo:  
Nz3Y488


 

Importante: utilize este formulário para ponderar somente sobre o texto acima. Comentários sobre a nossa página devem ser postados na seção Contato.
Busca de Estudo Bíblico
Busca

DTM - Dicionário de Termos Militares
Termos, gírias e expressões da linguagem militar do dia-a-dia. Consulte:

Bíblia Online
Bíblia Online

Capítulo:    Versículo:

     
Palavra(s):

    
Interatividade
RSS Militar Cristão Militar Cristão no Facebook Militar Cristão no Twitter Assine abaixo o Boletim de Notícias
E-mail: